Com gol de Herlon, o Operário Pilarzinho venceu o Nova Orleans e saiu na frente na decisão da Suburbana. A partida foi realizada na tarde deste sábado (6), no Estádio José Drulla Sobrinho.

Para conquistar o título inédito, o Pilarzinho precisa apenas de um empate. Já o Orleans, para ainda sonhar com o bicampeonato, precisa de uma vitória no próximo sábado (13), no Estádio Bôrtolo Gava. Com isso, o time leva a decisão para um terceiro jogo.

De voleio, Operário Pilarzinho sai na frente no placar

A primeira etapa da decisão do Campeonato Amador de Curitiba começou bem movimentada. Os times atacavam com velocidade e faziam forte marcação. O primeiro arremate a gol veio aos 8 minutos, dos pés do camisa oito do Orleans, Juliano, em seguida, o time do Pilarzinho respondeu com uma carimbada na trave de Molão. Aos 18 minutos, após cobrança de escanteio de Bitoca, Erlon aproveitou a falha na defesa do alviverde e marcou de voleio. Operário Pilarzinho 1 a 0.

O gol trouxe tranquilidade para o Tricolor, que só precisou segurar o placar. O Nova Orleans partiu para o ataque e obrigou o goleiro Jura a praticar grandes defesas, como na jogada de Buiu aos 32 minutos.

Ânimos alterados, empurra-empurra e agressões marcaram o final do primeiro tempo. Após choque entre Rodrigão e Igor e, em sequência, o apito final, iniciou-se uma confusão entre dirigentes e jogadores. Alguns minutos depois a briga foi contida e ninguém foi expulso.

UNO melhor na segunda etapa, mas tricolor sabe segurar o resultado e sai com a vitória

Os donos da casa voltaram melhores para etapa complementar. O alviverde, de grande velocidade, conseguiu construir boas jogadas, porém, nenhuma concretizada em gol.

Em um dos ataques do UNO, Ederson e Jura se chocaram e caíram desmaiados no gramado. Os jogadores receberam atendimento e a partida foi retomada.

O Nova Orleans permaneceu buscando o caminho do gol todo tempo. Paulinho e Juliano deram trabalho ao arqueiro adversário. Jean até chegou arrancou o “uh” da torcida. Aos 45 minutos, Buiu carimbou a trave. Já nos instantes finais, Juliano, novamente, perdeu uma chance incrível. Mas a bola insistiu em não entrar.

O Pilarzinho fez forte marcação, segurou o placar como pode e saiu com a vitória no primeiro capítulo da final da Suburbana 2014.

Erlon, o autor do gol da vitória do tricolor comentou sobre a partida. “Estamos saindo daqui com a vantagem, estamos tranquilos porque soubemos aproveitar a chance que tivemos. Levamos sufoco, mas é normal, uma final é assim mesmo. Agora vamos decidir em casa e se Deus quiser, a festa vai ficar do nosso lado”, finalizou o atacante.

FICHA TÉCNICA:

Nova Orleans 0 x 1 Operário Pilarzinho
Local: Estádio José Drulla Sobrinho

Data/Horário: 06/12/2014, às 16h30
Árbitro: Lucas Paulo Torezin
Assistentes: Diogo Morais e André Luiz Severo.

Nova Orleans: Rogério; Buiu, Du, Márcio e Victor; Peteca, Alex (Paulinho) e Juliano; Tonton (Jean), Igor e Ederson (Allan). Técnico: Oliveira

Operário Pilarzinho: Jura; Patric (Tiago Batista), Thiago Gbur, Rodrigão e Cristian (Cascão); Thiago Oliveira, Vá e Molão; Bitoca, Erlon e Thomas (Willian Pablo). Técnico: Petterson

Cartões amarelos: Ederson, Alex, Peteca e Allan (Nova Orleans); Rodrigão e Thiago Oliveira (Pilarzinho).

Gols: Herlon, aos 18′ do 1º tempo.

Matéria: Goldpauta.blogspot

Fotos: Fernando Freire

Veja as fotos da partida: